Sobre o Nosso Município

Alvorada do Norte surgiu em 1958 como povoado do município de Sítio D'Abadia, fruto de articulações das autoridades locais. Seu Tristão Prado, também chamado de Dumar, que nessa época era tabelião em Ivolândia, conta que veio pela primeira vez à região em abril de 1958. Naqueles dias, ele encontrou um chinês no Grande Hotel em Goiânia, que contratou um avião para fazer uns estudos das terras do nordeste goiano para posteriores investimentos. Dumar e o chinês sobrevoaram a região. O chinês, entretanto, não gostou das terras, consideradas fracas para o projeto que pensava em desenvolver. 

Mas, se a terra era fraca, a água era forte. Além do rio Corrente, o município de Alvorada é banhado ainda por outras 34 lagoas.

Dumar e o promotor de Justiça de Sítio D'Abadia, Dr. José Ribeiro do Nascimento (Dr. Zenito) - que era piauiense - viram a oportunidade e juntos começaram a sonhar com o surgimento de uma cidade. É interessante observarmos que no pós-guerra, e influenciadas pela idéia de ocupação de espaços vazios como obra da marcha nacional, diversas pessoas sonharam com cidades nos sertões brasileiros.

Dr. Zenito via, na região, um grande espaço totalmente aberto ao desenvolvimento. Além disso, já se falava na construção de uma estrada que cortaria o Brasil do Norte ao Centro do País, o que viria a ser a BR-020, que na época era chamada apenas de BR-44. Essa rodovia traria um intercâmbio muito grande para a região, visto que ela interligaria oito estados brasileiros.

Em um encontro para um jantar, os dois começaram a pensar o alvorecer de um novo tempo: Alvorada do Norte.

Dumar disse-lhe que havia sobrevoado a região, mas que faltavam terras para o desenvolvimento da cidade

Zenito lhe respondeu que isso não seria problema, visto que conseguiria a terra necessária para a fundação do patrimônio com Oswaldo Rodrigues da Cunha, proprietário da fazenda Brejeirão, que se encontrava em estado de divisão. Divididas as terras, Dr. Zenito conseguiu, em nome da prefeitura de Sítio D'Abadia, 30 alqueires para a Alvorada do Norte.

Ermeliano Alves de Brito, prefeito de Sítio D'Abadia, foi outro grande incentivador do surgimento de Alvorada do Norte, da qual ele viria a ser seu primeiro prefeito.

Feita a doação, os dois pioneiros começaram a trabalhar na construção do projeto de demarcação da cidade. Primeiro, demarcaram as ruas e os lotes. Nessa época, eles contaram com ajudas importantes de pessoas que participaram do processo, como Chico Cruz, Leodoro, Elesbão, Preto, Olímpio, Dona Celina, Joete, Ismael, Juquinha e tantos outros.

Assim surgiu Alvorada do Norte, povoado pertencente ao município de Sítio D'Abadia e que recebeu esse nome no dia 13 de setembro de 1958, dado pelo Dr. José Ribeiro do Nascimento (Zenito) e Tristão do Prado (Dumar).

Em agosto de 1959, Júlio Gonçalves de Lima fixou moradia às margens do rio Corrente e deu início à construção de uma residência para Anacleto Barbosa, nas proximidades do traçado da BR-020.

Cinco anós após sua criação, 23 de outubro de 1963, o povoado foi elevado à categoria de município pela Lei Estadual no 4.709, desligando-se então do município de Sítio D'Abadia. A cidade, no entanto, só foi instalada um ano depois, no dia 23 de outubro de 1964.

A professora Cidéia conta que chegou à região de Alvorada em 1969, quando tinha 7 anos de idade. O trânsito local era dificultado pela falta de ponte sobre o rio Corrente. A ponte só foi construída mais tarde e em uma região mais acima.


Aspectos Econômicos

A economia não é formada apenas por grandes empresas ou indústrias famosas. 

No Brasil, de cada dez empregos, seis estão em micro e pequenas empresas, o que significa dizer que a economia "formiga" é uma das maiores locomotivas do progresso econômico. Olhar para o lado e enxergar no pequeno comércio local uma fonte de oportunidades é uma aposta que pode render ótimos frutos num futuro bem próximo. Mas o futuro é mais exigente que o presente. Dele só participa quem não dorme no ponto e nem sonha com soluções mágicas. É preciso se qualificar, com cursos e treinamentos, e participar ativamente da vida política e econômica da sua comunidade, a fim de ajudá-la a acelerar aos passos rumo ao progresso que todos desejam. 

Alvorada do Norte

  População (2017)  8.645

  - População Urbana  92,8%

  - População Rural  7,2%

  PIB* Municipal R$ (2003)  16,53 Milhões

  PIB Per Capita R$ (2003)  2.171,00

  IDH* Municipal (2000)          0,688

* PIB: Produto Interno Bruto é o valor de mercado de todos os bens e serviços finais produzidos internamente no país, estado ou município, num determinado período de tempo, ou seja, é a soma de todas as riquezas produzidas nesse período de tempo. Já o PIB Per Capita é o resultado da divisão do PIB pela população do município, indicando a renda anual dessa população.

* IDH: O Índice de Desenvolvimento Humano foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) para medir a qualidade de vida das diferentes populações do planeta. Ele representa uma média ponderada de vários indicadores: educação, saúde, taxas de violência, mortalidade infantil, acesso a água e esgoto e até lazer são utilizados no cálculo do IDH.

Aspectos Físicos

A População Total do Município é de 8.645 de habitantes, de acordo com o Censo Demográfico do IBGE (2017). 

Sua Área é de 1.259 km² representando 0.3703% do Estado, 0.0787% da Região e 0.0148% de todo o território brasileiro. 

Seu Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0.688 segundo o Atlas de Desenvolvimento Humano/PNUD (2000).

Ano de Instalação: 1963

Microrregião: Leste Goiano

Mesorregião: Alvorada do Norte

Altitude da Sede: 490 m 

Distância à Brasília: 240,0Km

Distância à Goiânia: 460,0Km 


Aspectos Turísticos

Vale do Paranã, caminho para o Nordeste

Alvorada do Norte encontra-se no leito da BR-020, caminho natural para quem vai de carro do Centro-Oeste para o Nordeste do país. 

Além disso, a cidade ganhou importância por estar no cruzamento de asfalto que interliga a Área de Proteção Ambiental das Nascentes do Rio Vermelho, Área de Proteção Ambiental da Serra Geral e o Parque Estadual de Terra Ronca, mais ao norte.

As belas serras que cruzam a região oferecem, aos turistas e viajantes, um belo visual, o que vem despertanto, em muitos, o interesse de parar na cidade e conhecer um pouco mais a beleza do Vale e os ares da Serra.

Alvorada do Norte está próxima ao maior parque espeleológico* da América Latina, o Parque Estadual de Terra Ronca. A beleza das cavernas da região chega ao município vizinho de Mambaí, que possui mais de 107 cavernas catalogadas, incluindo a maior da América Latina, com 7km de extensão. Além das cavernas, várias cachoeiras, corredeiras e trilhas caracterizam a região das duas cidades como boa para a prática de esporte de aventura. Um passeio por trilhas da Serra e dos rios pode ser uma ótima opção para as agências de turismo oferecerem aos visitantes. Os aventureiros agradecem, e a economia também. 


Festas do povo Paranã


As festas de Alvorada do Norte também atraem muitas pessoas de outras cidades da região e, principalmente, de Brasília.

Em Alvorada do Norte, a principal festa é da Padroeira, Nossa Senhora da Guia, que acontece sempre no terceiro domingo de setembro. Em Alvoradinha, a igreja Católica comemora a festa de São José no dia 1o de maio. Também existem Folias, catiras e festas juninas.

Uma tradição na cidade de Alvorada do Norte é subir a Serra Geral, a pé, até a imagem do Cristo, para cumprir promessas.

No dia da Santa Luzia, comemorado em 13 de dezembro, os moradores colocam velas acessas nas janelas. A época de São João das fogueiras também é comemorada com muito foguetório.


Festividades Oficiais


Desde 2001 a prefeitura municipal de Alvorada do Norte realiza as festividades do carnaval de rua realizadas na Praia do Rio Corrente, atraindo foliões das cidades circunvizinhas e também das cidades de Goiânia, Brasília e Formosa.

Com a inauguração da Praia do Rio Corrente no ano de 2002 a festividade de aniversário da Emancipação Política e Administrativa de Alvorada do Norte é comemorada no mês de outubro, quando é realizado o carnaval fora de época, popularmente conhecido como Alvorada Folia. Essa festa vem atraindo milhares de pessoas de toda a região, tornando-se a principal festa oficial do município de Alvorada do Norte.

* Espeleologia é a ciência/esporte que consiste na exploração de cavernas, estudando sua composição geológica, sua fauna, seus recursos hídricos e, claro, apreciando a beleza do mundo subterrâneo. Estima-se que, apenas no Brasil, mais de 250.000 pessoas pratiquem atividades espeleológicas regularmente.


Aspectos Políticos

Os Prefeitos da cidade de Alvorada do Norte:


David Moreira de Carvalho

2009 - 2016

Alessandro Moreira dos Santos

2001 - 2008

Ilson José Tristão

1997 - 2000

José Sevilha Neto

1993 - 1996

Floripes Antônio Magalhães

1989 - 1992

Lázaro Ferreira Gonçalves

1984 - 1988

José Sevilha Filho

1977 - 1983

Marcionil Leandro de Souza

1974 - 1976

José Cardoso Filho

1970 - 1973

Tertuliano Alves Bandeira

Primeiro Prefeito eleito 1966 - 1970

Geraldo Simões Medeiros

Segundo Prefeito nomeado

Hermeliano Alves de Brito

Prefeito nomeado